Home » Page 17
O uso das tiras deste blog depende da autorização do autor, mediante acordo entre as partes. A violação dos direitos autorais e/ou o uso indevido do conteúdo do Meus Nervos são sujeitos às penalidades previstas por lei.

Contato: solonmaia@gmail.com

Parto 03  Parto 04  Parto 14  Parto 11

Primeiro precisamos diferenciar parto domiciliar de parto humanizado. Para ser chamado de humanizado, não interessa o lugar no qual ele é realizado, desde que sejam adotadas uma série de medidas que visem maior conforto e tranquilidade para a gestante. É aquele no qual a parturiente fica num ambiente bonito, aconchegante, com luz suave, ouvindo músicas relaxantes, em posições mais confortáveis, ou dentro da água, sentada em cima de bolas gigantes, podendo comer, beber água, ficar na presença de familiares e dispor de uma série de mimos, que tornariam seu parto mais agradável.

Nele, a gestante não seria mais uma pobre vítima da chamada “violência obstétrica”, executada pelos médicos opressores, pois não fica com acesso venoso, não são realizados tantos toques vaginais, nem corte na vagina para ajudar a saída do bebê, nem medicamentos que aceleram a contração uterina e outras intervenções médicas, o que tornaria o parto menos traumático para essa sensíveis e frágeis mulheres.

Já o parto domiciliar é aquele feito em domicílio, em casa, geralmente com o objetivo de propiciar a máxima humanização do mesmo, embora essa prática se assemelhe com os que os animais fazem na natureza.

Parir em casa é uma prática comum desde os tempos das cavernas, desde a pré-história, e novamente vem ganhando espaço no Brasil e no mundo. Seus adeptos geralmente buscam a máxima humanização, buscando controle da ansiedade, conforto, estreitamento dos laços familiares, precocidade e aumento do vínculo entre a mãe e o bebê, menores risco de infecções, facilitação do início da amamentação, etc.

Seus defensores alegam segurança baseados em relatos de experiências bem-sucedidas, em novos estudos que vivem saindo na internet e em garantias divinas ou espirituais. Também existem aqueles que não tem a menor noção de nada e o fazem indo no embalo dos demais, por puro e simples modismo. Seguindo a tendência de tudo que está na moda, a prática virou assunto nas redes sociais e tornou-se prato cheio para os que querem aparecer, se autopromover ou defender as tendências naturalistas, combatendo tudo aquilo que a classe médica fria, opressora e desumana preconiza. Se um famoso faz e posta no Instagram, aí é que o povo fica doido pra fazer também…

Clique AQUI para ler o restante do post… »

Share this by email. Share on Facebook!  Tweet this! TOP

Que soro é esse!?

Por Doutor | Arquivado em Doutor, Povo revoltado

image

Tira Feita para nerds… :)

Quer mais tiras? Financie o Meus Nervos!

CLIQUE AQUI PARA COLABORAR COM O PATREON! 

Share this by email. Share on Facebook!  Tweet this! TOP

Triste realidade médica brasileira…

Por Doutor | Arquivado em Doutor, Povo revoltado, SUS

Realidade medica do brasil

Clique AQUI para ler o restante do post… »

Share this by email. Share on Facebook!  Tweet this! TOP

Vários parceiros…

Por Doutor | Arquivado em Doutor, OUT, Parceiros

image

Essa morte é bobagenta mesmo…

Pois é, o Meus Nervos possui vários parceiros, mas atualmente esses três são os que mais tem se destacado.

Para quem não conhece, seguem os links!   ACADEMIA MÉDICA     TI MEDICINA     PEBMED

Share this by email. Share on Facebook!  Tweet this! TOP

Programa Mais Médicos [VÍDEO]

Por Doutor | Arquivado em OUT, Parceiros, Sem categoria

 

Um breve vídeo do amigo Fernando Gouveia sobre o programa Mais Médicos

Conheça o famigerado site de sua autoria: CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O “IMPLICANTE!”

Share this by email. Share on Facebook!  Tweet this! TOP